Categoria: África hoje

Projeto de retorno de emigrantes a Cabo Verde necessita de mais apoio

O projeto-piloto de ajuda ao retorno de emigrantes a Cabo Verde, que terminou este ano, apoiou 25 cabo-verdianos a criar um negócio no seu país de origem, sendo necessário “mais financiamento” para a iniciativa ganhar escala, conclui um estudo.

O programa, integrado no projeto “Reforço das Capacidades de Cabo Verde na Gestão das Migrações”, desenvolvido entre 2011 e 2015 e coordenado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), apresentou “um problema de escala”, conclui um estudo de avaliação do projeto realizado pelo investigador Pedro Góis, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. read more

Acordo Ortográfico entra em vigor no Brasil

Entrou em vigor oficialmente no Brasil, na última sexta-feira (1º de janeiro), o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Com a medida, o número de falantes de Português que usam a nova grafia chega a 215 milhões de pessoas, mas a norma está em diferentes estágios de implementação nos vários países que a ela aderiram.

O Brasil, que assinou o acordo em Lisboa em 16 de dezembro de 1990 e o ratificou em 18 de abril de 1995, terminou, no último dia de 2015, o período de transição, tornando a norma obrigatória com o início de 2016. read more

Instituto de formação dos PALOP construído na Huíla

O Programa de Investimentos Públicos (PIP) para a província da Huíla prevê para o próximo ano a construção do Instituto de Formação em Gestão e Economia dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), no Lubango, anunciou ontem o governador provincial, João Marcelino Tyipinge.

Prevista está também a construção e apetrechamento de residências para professores e a construção de uma escola de quatro salas de aulas no município de Caluquembe. read more

Exportadores da CPLP dizem que solução para crise cambial é deslocalizar a produção

O presidente da União de Exportadores da CPLP considerou hoje que a melhor solução para evitar os efeitos da crise cambial em Angola e Moçambique é produzir localmente em vez de exportar para esses países.

“Temos de deixar de encarar cada vez mais os negócios entre países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) como um negócio em que um compra matérias-primas baixas, coloca valor acrescentado e repatria todo o dinheiro, e passar a pensar em estar no local, internacionalizar-se, deslocalizar as empresas”, disse Mário Frota. read more