Brasil e Portugal “têm imperativo moral” de promover ciência e ensino na CPLP

?type=big&pos=0″ alt=”Brasil e Portugal "têm imperativo moral" de promover ciência e ensino na CPLP” width=”311″ height=”207″ name=”Photo” />

Aldo Rebelo, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil, está em Portugal para reforçar parcerias tecnológicas, nomeadamente na nanotecnolgia, e a aposta conjunta no apoio aos países da CPLP na Ciência e ensino.

“O Brasil precisa de valorizar institucionalmente e cientificamente os seus laços com Portugal e com os demais países da CPLP”, afirma Aldo Rebelo, ministro brasileiro da Ciência, Tecnologia e Inovação, que está desde ontem em Portugal – a convite de Nuno Crato – e assumiu ao DN trazer na bagagem projetos para reforçar a cooperação na ciência e ensino. Não só entre os dois países mas entre estes e os restantes estados integrantes da Comunidade de países de Língua Portuguesa (CPLP).

“É o meu objetivo. Julgo que mais do que um dever político essa cooperação é um imperativo moral. O Brasil precisa de valorizar institucionalmente e cientificamente os seus laços com Portugal em com os demais países da CPLP”, contou ao DN Aldo Rebelo.

O ministro brasileiro, que vai assinar um acordo com Portugal e Espanha relativo ao laboratório Ibérico de nanotecnologia, tem também em carteira propostas de formações conjuntas entre Portugal e o Brasil para estudantes de outros países da CPLP, nomeadamente a formação de professores de Matemática.

Fonte: Diário de Notícias

(Até o momento, houve 138 acesso(s) a esta página)