I REUNIÃO TÉCNICA INTERNACIONAL DA RIPES

Entre 21 e 23 de maio de 2014, a RIPES realizou, na cidade de Fortaleza (CE), a I Reunião Técnica Internacional da Rede de Instituições Públicas de Educação Superior. Organizada pela UNILAB, teve o apoio da CPLP, da ABC e da Coordenação Geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CGCPLP) do Departamento da África (DEAF), ambas do Ministério das Relações Exteriores (MRE/Brasil).

A I Reunião Técnica Internacional da RIPES obteve os seguintes resultados: 1) Realizou um debate qualificado entre representantes de instituições públicas de ensino superior dos PALOP e do Timor-Leste sobre as realizações da RIPES; 2) Promoveu a adesão política para gerar propostas concretas de funcionamento e execução dos eixos estratégicos da RIPES; 3) Estimulou a partilha e a reflexão sobre as ações e os temas prioritários das agendas de internacionalização das instituições parceiras; 4) Compartilhou visões e propostas para efetivar a missão de integração internacional da UNILAB, em consonância com os eixos estratégicos da RIPES e das instituições parceiras; 5) Mapeou as principais estratégias de internacionalização adotadas pelas instituições parceiras da RIPES; 6) Definiu as propostas prioritárias para a implementação da RIPES; 7) Estabeleceu o cronograma de uma agenda mínima de propostas estratégicas para estimular a internacionalização e integração das instituições parceiras da RIPES.

A I Reunião Técnica Internacional da RIPES reuniu a Reitora, o Vice-Reitor, Pró-Reitores, diretores de institutos, docentes da UNILAB; coordenador, supervisor, gestor e técnicos da RIPES; representantes da ABC/MRE; da CGCPLP/DEAF/MRE; da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI/MEC); do Núcleo África e Língua Portuguesa da Assessoria Internacional do MEC; do Conselho de Reitores das Universidades Cearenses (CRUC); da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPNs); do Consórcio Nacional dos NEABs (CONNEABs). Entre os representantes de instituições parceiras internacionais, destacamos a participação de Reitores e diretores de institutos superiores e universidades de Angola (Universidade Agostinho Neto – UAN e Universidade Kimpa Vita – Unikivi), Moçambique (Universidade Eduardo Mondlane – UEM, Universidade Pedagógica – UP e Universidade Zambeze – Unizambeze), São Tomé e Príncipe (Instituto Superior Politécnico – ISP), Cabo Verde (Instituto Universitário de Educação – IUE) e Timor-Leste (Universidade Nacional do Timor Lorosa’e – UNTL).

Para ler a Declaração de Fortaleza, uma carta de intenções produzida ao final da I Reunião Técnica Internacional da RIPES, clique aqui.

Para conferir a galeria de imagens do mesmo evento, clique aqui ou acesse o Facebook da RIPES.

(Até o momento, houve 425 acesso(s) a esta página)