«

»

Unesco e RFI promovem História Geral da África

Irina Bokova, diretora-geral da Unesco

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura ( Unesco), Irina Bokova, assinou, segunda-feira, um acordo de parceria com o grupo France Médias Monde, com o objetivo de promover a coleção de livros da História Geral da África.

O grupo integra os media franceses Rádio França Internacional (RFI), France 24 e Monte Carlo Doualiya. O objetivo é promover a coleção de livros da agência História Geral da África.

Pelo acordo, o programa semanal da RFI “Memórias de um Continente”, transmistido aos domingos, vai enfocar na obra com vista a ultrapassar o preconceito que ainda afeta a história africana.

A partir de 7 de fevereiro, 52 edições do programa serão dedicadas à História Geral da África. As emissões serão organizadas cronológicamente e apresentadas pelo historiador congolês Elikia M’Bokolo, presidente da comissão científica para o uso pedagógico da obra.

Lançado em 1964 pela Unesco, o projeto História Geral da África foi criado para produzir uma história do continente livre dos esteriótipos nascidos com a escravidão e o colonialismo. Desde então, o projeto teve a contribuição de cerca de 350 especialistas, incluindo historiadores, linguistas e antropólogos.

Até o momento, oito volumes foram publicados e um nono está em produção. A segunda fase do projeto, iniciada em 2009, trata do desenvolvimento de um material didático para escolas primárias e secundárias em África.

Para a chefe da Unesco, Irina Bokova, “o projeto História Geral da África é uma das maiores realizações” da agência e ajudou a “mudar visões relacionadas ao passado do continente”.

A representante destacou que a parceria assinada com uma rádio internacional como a RFI fornece uma “oportunidade excecional para aumentar a consciencialização sobre o programa”.

Fonte: Rádio Onu via África 21

(Até o momento, houve 22 acesso(s) a esta página)