Relatório da Missão Ripes – Cabo Verde

Realizou-se, nesta capital, missão conjunta da ABC e da UNILAB, entre os dias 29 e 30 de novembro (2013), no âmbito do projeto “Rede de Instituições Públicas de Educação Superior – RIPES”, implementado no quadro da CPLP. A delegação brasileira foi integrada pela Reitora da UNILAB, Professora Nilma Gomes; pela Pró-Reitora de Relações Institucionais da UNILAB, Professora Maria do Socorro Rufino, e pela Analista de Projetos da ABC, Paula Rougemont.

A missão cumpriu agenda de trabalho iniciada com visita de cortesia ao Ministério das Relações Exteriores de Cabo Verde (MIREX), tendo sido recebida pelo Diretor Nacional dos Assuntos Políticos e de Cooperação do MIREX, Senhor Joaquim Maia, e pela Desk-Officer Brasil, Senhora Custódia Lima. Durante o encontro, a representante da ABC frisou a importância do projeto para o Governo brasileiro e apresentou sua trajetória até a aprovação no âmbito da CPLP. Em seguida, a Reitora da UNILAB expôs a proposta do projeto e os principais objetivos da missão. Ao agradecer a coordenação com o MIREX, o Senhor Maia sublinhou a importância da cooperação educacional brasileira para a formação dos quadros cabo-verdianos e a criação da UNILAB para reforçar essas ações. Manifestou que o presente projeto contribuirá igualmente para adensar os laços da CPLP e que os seus propósitos se coadunam com os interesses do Governo cabo- verdiano.

No mesmo dia, a delegação teve encontro com o Ministro do Ensino Superior, Ciência e Inovação (MESCI) de Cabo Verde, António Correia e Silva; com o Presidente do Instituto Universitário de Educação (IUE), Professor Florenço Varela; com a Diretora de Gabinete do Ministro, Senhora Arlinda Fortes; e com o Assessor do Ministro, Senhor Manuel Lopes Roberto. Designei a Secretária Izabel Cury e a AST Liriam Delgado para acompanhar o encontro. O Ministro cabo-verdiano recebeu a delegação com entusiasmo e destacou que o Governo brasileiro tem sido o maior parceiro de Cabo Verde para a formação de recursos humanos. Citou com satisfação o projeto para a criação do Sistema de Avaliação do Ensino Superior de Cabo Verde, implementado com o apoio técnico do INEP (v. tel 683).

Após a apresentação da Reitora brasileira, o Ministro Correia e Silva sublinhou, dentre todos os eixos de atuação do projeto RIPES, a relevância da mobilidade estudantil como eixo incontornável de articulação entre os países da CPLP. Nesse sentido, frisou a importância de que esse tipo de ação tenha início ainda que em pequena escala, porque o “importante é começar”. Ademais, o Ministro se entusiasmou com o eixo de pesquisa sobre o ensino superior nos países de língua portuguesa, afirmando que essa é uma iniciativa que seu Ministério estaria precisando de apoio para concretizar.

A Reitora da UNILAB aludiu à inclusão, na nova legislação educacional brasileira, do ensino da história africana na grade curricular, e destacou a dificuldade que o Governo brasileiro vem encontrando para desenvolver material de qualidade sobre o tema. Sugeriu que os países de língua portuguesa poderiam cooperar com o Brasil para a troca de pesquisas e informações. O Ministro Correia e Silva disse que estava de acordo com a proposta e que o conhecimento da história de Cabo Verde muito contribuía para a história brasileira e da África. Nesse sentido, acrescentou que a obra “História Geral de Cabo Verde”, composta por três volumes, desenvolvida para pesquisadores, poderia ser utilizada como base para o desenvolvimento de materiais em linguagem mais acessível e para propósitos pedagógicos. Na ocasião, o Professor Florenço Varela recordou as ações do Programa Centro de Referência em Educação de Jovens e Adultos e Cooperação Sul-Sul (ECOSS), que já conta com a parceria da UNILAB, cujo objetivo é produzir textos sobre a história dos países parceiros. Sugeriu também que essa iniciativa pudesse ser eventualmente o ponto de partida.

Após almoço que ofereci na Residência, a delegação fez visita às instalações do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), cujo diretor estava ausente, e teve encontro na Reitoria da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV). Estiveram presentes neste último o Vice-Reitor para extensão acadêmica e desenvolvimento institucional da Uni-CV, Senhor Manuel Brito-Semedo, e os pró-Reitores Ana Santos e José Carlos dos Anjos. A Senhora Ana Santos apresentou o desenvolvimento da Uni-CV nos seus sete anos de atividades. Segundo relatado, a Uni-CV atualmente conta com 12 núcleos de pesquisa, 8 novos mestrados, 500 docentes e cerca de 4.300 alunos. Desses, aproximadamente 1300 contam com algum tipo de auxílio ou bolsa, dos quais 49% são financiados com recursos do tesouro cabo-verdiano.

A seguir, a Professora Nilma Gomes apresentou a missão da UNILAB e os objetivos do projeto “RIPES”, oficializando convite à Uni-CV a se integrar à Rede, uma vez que as duas instituições já teriam acordo de cooperação interinstitucional firmado. A Uni-CV informou que teria interesse em participar da Rede, mas seria necessária a formalização por parte do seu Reitor, mediante o envio do Termo de Adesão, o qual será encaminhado oportunamente à UNILAB. Em seguida, a delegação visitou as instalações do Departamento de Ciências Sociais e Humanas da Uni-CV, representado pelo Senhor José Esteves Rei.

No dia 30 de novembro, às 10h00, foi celebrada a assinatura do acordo de cooperação entre a UNILAB e o IUE e do termo de adesão do IUE à RIPES. O evento contou com a presença do Ministro Correia e Silva, do Presidente do IUE e do Ministro da Educação e Cultura de São Tomé e Príncipe, Senhor Jorge Lopes Bom Jesus. O MESCI mencionou que Cabo Verde é um bom exemplo do investimento da cooperação brasileira, pois tem gerado resultados. Citou novamente o projeto do sistema de avaliação do Ensino Superior como um exemplo a ser multiplicado a outros países da região, e mencionou ainda a missão brasileira que chegaria na semana seguinte para negociar o projeto da universidade aberta em parceria com o MEC e a CAPES. A Reitora informou ao Ministro de São Tomé que seu país e Timor Leste seriam os próximos a serem visitados pelo projeto em pauta. O noticiário televisivo da emissora estatal cabo-verdiana cobriu esse evento em reportagem disponível em
«http://www.rtc.cv/tcv/index.php?paginas=45&id_cod=29358»

A delegação partiu para o Brasil no mesmo dia. Muito agradeceria transmitir o que precede à Pró-Reitoria de Relações Institucionais da UNILAB. João Inácio Oswald Padilha, Embaixador.

(Até o momento, houve 901 acesso(s) a esta página)